Animais Fantásticos e Onde Habitam

animais-fantasticos-e-onde-habitam-projetor-1

Por Denis Le Senechal Klimiuc

Fantastic Beasts and Where to Find Them, 2016. Dirigido por David Yates. Roteiro de J.K. Rowling, baseado em sua própria obra. Elenco: Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Dan Fogler, Alison Sudol, Colin Farrell, Ezra Miller, Samantha Morton, Jon Voight, Carmen Ejogo, Faith Wood-Blagrove, Jenn Murray, Gemma Chan, Kevin Guthrie, Akin Gazi, Peter Breitmayer, Dan Hedaya, Zoe Kravitz, Josh Cowdery, Ron Perlman e Johnny Depp.

Quando J.K. Rowling começou a escrever Harry Potter e sua saga, com certeza ela não esperava pelo tamanho do sucesso que sua obra teria nos próximos anos. Pois o mundo da literatura infanto-juvenil mudou e, com essa mudança, uma gigantesca legião de fãs dos livros migrou para o cinema. Ao final do último filme, em 2011, nada mais era esperado. Pois a escritora continuou a escrever sobre o mundo de Harry Potter em seu site, Potter More, e, quando se soube que fariam filmes sobre o universo expandido, baseados no pequeno livro Animais Fantásticos e Onde Habitam, a empolgação voltou a tomar conta da vida dessa legião, que ficou ainda mais extasiada quando soube que a própria autora escreveria o roteiro.

Aliás, com a notícia de que J.K. Rowling escreveria o roteiro do filme, é claro que o rumor sobre criar uma nova máquina caça-níquel tomou conta da internet e, com os trailers liberados, criou-se a expectativa de que o universo expandido seria para crianças. Doce engano!

Animais Fantásticos e Onde Habitam estreou e a qualidade narrativa de Rowling não só se manteve, mas deu um salto gigantesco, mantendo o nível dos livros e mudando a linguagem, adaptando-a para um filme com uma história completamente nova, mesmo que baseada em um livro de 49 páginas.

Pois o universo estabelecido por Rowling para as criaturas fantásticas é o pano de fundo para a história de Newt Scamander, um apaixonado por animais mágicos que os protege e os transporte em sua mala, simples por fora e gigantesca por dentro. Dessa forma, ele vai a Nova York para explorar ainda mais a vida de tais animais, mas a época, em pleno ano de 1926, não é nada favorável: a comunidade mágica dos Estados Unidos está dominada pelo medo das criaturas mágicas, abominando-as enquanto alguns não-majs, ou trouxas, tentam trazer a época da inquisição de volta.

animais-fantasticos-e-onde-habitam-projetor-2

Com um cenário político bastante parecido com o real daquela época, acompanhamos, então, a chegada de Newt e, é claro, algo dá errado quando suas criaturas começam a escapar. Na tentativa de contê-lo e ter seu antigo cargo de aurora de volta, Poppy o leva às autoridades, que ignoram seu aviso de que criaturas escaparam e de que aquele sujeito é perigoso; por sua vez, Jacob, um não-maj, acaba se envolvendo com a dupla de bruxos por presenciar diversos atos mágicos, o que já era extremamente proibido naquela época.

Retornando à cadeira de diretor, David Yates, responsável pelos episódios 5, 6, 7 e 8 dos filmes de Harry Potter, agora está ainda mais seguro de seu cargo e, inventivo com o excelente roteiro de Rowling, nos apresenta ao mundo mágico de uma maneira ainda diferente.

Enquanto isso, a Europa está aterrorizada com a ascensão de Grindewald, o bruxo que conhecemos nas Relíquias da Morte, o qual foi banido por Dumbledore e que tinha, até então, a Varinha das Varinhas.

Animais Fantásticos e Onde Habitam é uma fantasia com propriedade máxima, cujo encantamento nos leva ao mundo mágico com a sensação nostálgica de que aquilo nos pertence, ao mesmo tempo em que novos personagens tão interessantes quanto os originais nos são apresentados – e, de quebra, com alguns vilões dignos de nota!

Nota: 10.

Anúncios
Esse post foi publicado em Neo Classic, Reflexão e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s